A gestão dos consumos domésticos diários

24-09-2013

Consumo de Eletricidade

a gestao dos consumos domesticos diarios

A fatura de eletricidade tem um peso significativo no orçamento familiar. No entanto, é possível diminuir o valor da fatura reduzindo os consumos e utilizando de forma mais eficiente os diversos eletrodomésticos.

Muitos gestos simples poupam muita energia, tais como:
  • Adesão à tarifa bi-horária, transferindo alguns consumos (por exemplo: máquinas de lavar loiça e roupa) para as horas de vazio (em regra, o período noturno e fim de semana);
  • Sendo a luz solar a mais eficaz de todas as formas de iluminação, deve aproveitá-la sempre que possível;
  • Ao desligar as luzes nas divisões desocupadas,  poupará alguns euros na iluminação;
  • Substitua as lâmpadas incandescentes por modelos economizadores da classe A (por lâmpada, pode poupar até € 10 por ano);
  • Não deixe os aparelhos em modo de espera. segundo a Comissão Europeia, este consumo corresponde a 10% da fatura elétrica doméstica;
  • Retire da tomada os carregadores de aparelhos quando a bateria estiver cheia;
  • Prefira os equipamentos elétricos das classes A, A+ e A++;
  • Utilize as máquinas de lavar roupa e loiça com a carga máxima e com programas económicos;
  • Verifique se o frigorífico fecha bem e regule as temperaturas. Arrume os alimentos de modo a que o frio fique distribuído e elimine o gelo acumulado;
  • Se possível, seque a roupa no exterior e passe-a enquanto estiver um pouco húmida, pois assim também poupa ao engomar. Já agora, desligue o ferro de engomar 5 m antes de terminar e aproveite o calor acumulado.

Consumo de água

a gestao dos consumos domesticos diarios 1Em Portugal, o preço das tarifas de abastecimento e saneamento é definido pelas câmaras municipais, pelos serviços municipalizados, pelas empresas públicas municipais ou ainda pelas  concessionárias. Na maioria dos casos, o sistema é deficitário, ou seja, o que os consumidores pagam não cobre os custos reais.

Muitos gestos simples poupam muita água, tais como:
  • A água reaproveita-se: da banheira para o autoclismo ou do reservatório de água da chuva para lavar pavimentos e regar. Escoar água de um sítio para outro é simples e evita desperdícios.
  • Nos banhos de imersão das crianças, use um quarto da capacidade da banheira;
  • Feche a torneira enquanto lava os dentes ou faz a barba. São menos cerca de 10 litros de água todas as manhãs;
  • A opção por modelos de autoclismo, das classes A, de dupla descarga evita o desperdício de 20 a 25 litros de água diários, por pessoa;
  • Opte pela máquina para lavar a loiça, limpando os filtros com frequência. Se não tiver máquina, encha o lavatório com água quente para não ter a torneira sempre aberta;
  • Lavar o carro com água pressurizada requer 50 ou 60 litros de água, enquanto a lavagem à mão exige 100 litros e a lavagem automática, 200.
A eficiência atua na poupança de água e de energia para produzir água quente:
  • Instale torneiras e chuveiros economizadores ou acessórios para reduzir o débito (na sua maioria classificados na categoria A): ao misturarem ar e água, mantém a sensação de pressão e de conforto. Permitem poupar 50% nos consumos de água e energia. Um conjunto de 3 redutores de caudal custa cerca de € 5;
  • Prefira duches a banhos de imersão. Gasta entre 30 e 50 litros de água num duche de 5 minutos (150 litros num banho), se fechar a torneira para se ensaboar;
  • Recolha a água que sai enquanto não atinge a temperatura que pretende, e utilize-a para outros fins.

 

Para mais informações:

Experimente os nossos simuladores e encontre o melhor perfil para o seu caso para começar a poupar desde já:

Simulador de consumo de eletricidade e Simulador de consumo de água

Consulte ainda alguns gestos diários de poupança de água que pode começar já a adoptar: Poupar água em casa