Página principal Literacia Financeira Finanças pessoais saudáveis

Finanças pessoais saudáveis

18-12-2020

EM 2021 MANTENHA AS SUAS FINANÇAS SAUDÁVEIS!

Durante a Pandemia, e segundo dados oficiais, a saúde foi a principal preocupação dos portugueses.

Sabemos que a saúde condiciona os fatores sociais, pelo que será certamente fundamental, mas o equilíbrio das finanças pessoais não poderá ser desprezado e será determinante para acautelar o nosso futuro.

Neste quadro a literacia financeira surge como fator decisivo na promoção da qualidade de vida e bem-estar das pessoas e de importância também decisiva para as empresas e para o País, pois reflete-se ao nível da própria produtividade de forma global.

Existem várias definições de Literacia Financeira, mas gostaríamos de destacar a da OCDE que remete para uma combinação de consciência, conhecimento, habilidade, atitude e comportamento, permitindo ao consumidor tomar as melhores decisões financeiras, tendo em vista alcançar o bem-estar financeiro.

Haverá muito a fazer nesta área e ainda mais se lhe juntarmos a parca competência de muitos consumidores na área do digital.

Todos fomos forçados com o confinamento a adaptar-nos às novas tecnologias e fizemo-lo de modo muito positivo, porém sabemos que o nível de literacia dos portugueses está ainda muito aquém do desejável.

A DECO tem procurado ajudar os consumidores nesta adaptação rápida, embora esteja  consciente da complexidade dos produtos financeiros e a falta comum de informação transparente dirigida ao consumidor, impedindo-o de exercer na plenitude os seus direitos.

No próximo ano 2021, e porque sabemos que estamos a atravessar a maior crise das nossas vidas, é exigida muita moderação por parte das famílias, não só no consumo, mas também nas finanças pessoais.

Para que todos possam manter a sua qualidade de vida e não serem apanhados desprevenidos, no caso de surgirem imprevistos. Será determinante definir uma estratégia, metas e planos específicos e a elaboração de um orçamento que seja ajustado ao nível de rendimento de cada família

Nas grandes decisões da vida, aquelas que permitem realizar sonhos, tudo deverá ser reequacionado. Cada um terá o seu, seja comprar casa, carro ou viajar. E se tivermos de adiar esses objetivos ou de os adaptar à nova realidade, o essencial é que sejamos realistas e não coloquemos em risco a estabilidade financeira da nossa família.

O momento disruptivo que atravessamos pode trazer uma oportunidade para investirmos na nossa educação financeira e no nosso conhecimento, procurando organizar as nossas finanças pessoais de forma mais eficiente e duradoura. Aqui, como em muitos outros aspetos da nossa vida, temos de ser resilientes e determinados, não desistindo ao primeiro obstáculo.

A DECO estará sempre ao lado dos consumidores. Desejamos a todos muita saúde (também financeira) para 2021!

 

Partilhe