A importância de se falar do dinheiro em família

15-05-2019

O Dia Internacional da Família é celebrado anualmente a 15 de maio. A data foi escolhida pela Assembleia Geral da ONU, que proclamou o dia 15 de maio como o Dia Internacional da Família.

Em Portugal existem cerca de 4 milhões de famílias.  As famílias são importantes agentes económicos, dispõem de rendimentos, tomam decisões financeiras, tendo em conta as suas preferências e as escolhas que lhe estão acessíveis, nomeadamente do ponto de vista financeiro.

Mas é imprescindível que todos colaborem para o equilíbrio financeiro dos orçamentos familiares e  que  conversem  sobre dinheiro e finanças. Muitas  famílias apresentam dificuldades financeiras e muitas têm falta de competências de literacia financeira.

O orçamento familiar é o melhor instrumento que as famílias têm para gerir o seu dinheiro. É um instrumento imprescindível, mas é necessário mais para que a família goze de uma boa saúde  financeira. Desde logo todos os elementos devem saber onde e como se está a  gastar o dinheiro. É fundamental saber economizar nas compras, a troca de conselhos e dicas em família é fundamental.  Saber  como podem poupar, economizar e multiplicar o  dinheiro deve ser um objetivo  e um desafio.

Não menos importante é reconhecerem que  o dinheiro não cai do céu, é necessário “ganha-lo”  e isso  custa tempo, trabalho e esforço.

Saber  reconhecer o valor do dinheiro, tendo presente  que ele é um meio que pode ajudar a realizar sonhos e objetivos, se bem administrado.

Se os membros de uma família  não falam,  nem conhecem a sua situação financeira, então podem ter  problemas. Contudo, esta é uma realidade  com a qual nos deparamos  frequentemente,  as famílias ainda não tem o hábito de conversar sobre dinheiro e acerca das finanças pessoais em casa, envolvendo os elementos da sua família.

Ao  falar-se de  dinheiro em família, está a  contribuir-se  para uma vida financeira saudável, pois os membros terão muito mais consciência da importância de saber administrar o dinheiro e tenderão a gerir as finanças com sabedoria.

Por outro lado está-se a  contribuir  para a educação financeira dos elementos da família e das pessoas à sua volta. Em bom rigor  uma discussão sobre dinheiro , pode ser um bom momento para explicar aos mais novos o valor e  como gerir o dinheiro.

O GPF da DECO presta aconselhamento e orientação económica, de forma acessível e direcionada a todos os consumidores,em especial os consumidores economicamente vulneráveis,  dinamiza Workshops e sessões de sensibilização sobre as temáticas da Economia Pessoal. Para mais informação poderá  contactar-nos por email: gas@deco.pt ou  gas.norte@deco.pt

 

Partilhe