Página principal Notícias A DECO Alentejo, o Centro Humanitário de Évora da Cruz Vermelha Portuguesa e Instituto Politécnico de Portalegre promovem a literacia financeira

A DECO Alentejo, o Centro Humanitário de Évora da Cruz Vermelha Portuguesa e Instituto Politécnico de Portalegre promovem a literacia financeira

14-09-2018

A DECO Alentejo, o Centro Humanitário de Évora da Cruz Vermelha Portuguesa e Instituto Politécnico de Portalegre promovem reflexão em torno da gestão da vida doméstica e do equilíbrio da vida financeira das famílias.

No âmbito da colaboração estabelecida entre a DECO Alentejo e o Instituto Politécnico de Portalegre foi dinamizado, no dia 13 de setembro de 2018, nas instalações da Cruz Vermelha de Évora, um workshop informativo que proporcionou a reflexão dos participantes sobre a gestão doméstica, nomeadamente a importância do equilíbrio financeiro na qualidade de vida das famílias.

O workshop informativo dividiu-se em dois momentos.

A primeira parte foi dinamizada por uma aluna finalista da Licenciatura em Serviço Social da Escola Superior de Educação de Portalegre, em conjunto com a equipa técnica da Cruz Vermelha Portuguesa | Centro Humanitário de Évora, que deram a conhecer aos participantes a importância do trabalho de proximidade que o Assistente Social exerce no contexto das instituições, no acompanhamento que realiza junto das famílias que se encontram em situação de fragilidade socio económica, facilitando o aumento das suas competências e uma maior autonomia na gestão das suas vidas pessoais e profissionais. Neste contexto, os participantes puderam, ainda, conhecer os serviços de apoio disponíveis no concelho de Évora, ao nível da atribuição de géneros; as lojas sociais para troca de vestuário e outros bens; oferta cultural e de lazer gratuita; apoio em situações de endividamento; entre outros.

A segunda parte do workshop ficou a cargo da DECO que, proporcionou a reflexão em torno da gestão do orçamento familiar, exercitando no contexto da sessão a construção de um orçamento familiar e as vantagens que podemos alcançar quando prescindimos de determinados bens de consumo não essenciais. Por exemplo, a diminuição do número de cafés diários de três para dois, poderá permitir uma poupança de, aproximadamente, 20,00 €/mês, valor que poderá ser canalizado para o pagamento de uma despesa essencial; para reforço de uma poupança ou para investir numa atividade de lazer.

 

Esta iniciativa juntou entidades que trabalham num mesmo território e que, nas suas atividades diárias, focam a sua atuação na melhoria da qualidade de vida das pessoas, proporcionando um encaminhamento mais eficaz de situações de vulnerabilidade social e económica para as várias respostas existentes no concelho de Évora, como é o caso do apoio que a DECO presta no âmbito do Gabinete de Proteção Financeira.

 

O GPF da DECO presta aconselhamento e orientação económica, de forma acessível e direcionada a todos os consumidores,em especial os consumidores economicamente vulneráveis,  dinamiza Workshops e sessões de sensibilização sobre as temáticas da Economia Pessoal. Para mais informação poderá  contactar-nos por email: gas@deco.pt ou  gas.norte@deco.pt

Partilhe